Refúgios para árvores temperadas caducifólias na área litoral do Noroeste Ibérico durante o último período glaciar


Gómez -Orellana, L., Ramil Rego, P., Muñoz Sobrino, C. (2012) . Refúgios para árvores temperadas caducifólias na área litoral do Noroeste Ibérico durante o último período glaciar. In: A. Campar Almeida, Ana M. S. Bettencourt, D. Moura, Sérgio Monteiro-Rodrigues and Maria Isabel Caetano Alves (Eds): Environmental Changes and Human Interaction along the Western Atlantic Edge: 95-106. APEQ/ CITCEM/ CEGOT/ CGUP/ CCT. Coimbra. Portugal. 271 pp.

Resumo: Analisa?se a existência de refúgios da flora arbórea no NO ibérico a partir dos dados paleobotânicos disponíveis para o último período glaciar. A sequência disponível é comparada com outras obtidas em territórios do sudoeste europeu, considerados áreas de refúgio. Os dados, juntamente com a dinâmica arbórea durante o Holocénico, permitem afirmar que a maior parte da flora arbórea do território permaneceu refugiada, durante a glaciação de Würm, em pequenas zonas situadas em áreas de baixa altitude, próximas da costa, a partir das quais se expandiram durante o Tardiglaciar e o Holocénico.

Palavras?chave: Pólen; Paleovegetação; Plistocénico final; Holocénico; Refúgios; NO Ibérico.

Abstract: The palaeobotanical data about tree taxa in NW Iberia during the last glacial cycle are considered to discuss the possible existence of refugia in these territories. The sequences available are compared with those others existing in several areas from Southwestern Europe, commonly accepted as refugia for mesothermophilous flora. This comparison, together with the postglacial tree dynamics inferred for NW Iberia using palaeobotanical data, allow to affirming that most of the trees currently existing in NW Iberia have persisted here during the Wurm, probably sheltered in relatively small areas from which they expanded along the postglacial period. 

Key?words: Pollen; Palaeovegetation; Upper Pleistocene; Holocene; Refugia; Northwest Iberia.
Refúgios para árvores temperadas caducifólias na área litoral do Noroeste Ibérico durante o último período glaciar
 
Voltar